Depure todas as suas organizações gratuitamente com o Depurador de reprodução do Apex (disponível ao público em geral)

O Depurador de reprodução do Apex simula uma sessão de depuração ativa usando um log de depuração, que é um registro de todas as interações em uma transação. Você não precisa mais analisar milhares de linhas de log manualmente. Em vez disso, o Depurador de reprodução do Apex apresenta as informações registradas de forma semelhante a um depurador interativo para que você possa depurar seu Apex code. Com esta versão, adicionamos pontos de verificação, que dão mais informações sobre suas variáveis que os logs de depuração.

Onde: Essa alteração se aplica ao Lightning Experience, ao Salesforce Classic e a todas as versões do aplicativo Salesforce nas edições Enterprise, Performance, Unlimited, Developer e Database.com.

Quando: O Depurador de reprodução do Apex estará disponível ao público em geral quando as Extensões do Salesforce para VS Code v44 forem lançadas em 13 outubro de 2018, substituindo a versão beta liberada em Summer '18.

Quem: Para exibir, reter e excluir logs de depuração e definir pontos de verificação, você precisa da permissão do usuário Exibir todos os dados.

Por quê: O Depurador do Apex, nosso depurador interativo, depura somente sandboxes e organizações teste. Mas você pode usar o Depurador de reprodução do Apex em qualquer organização para a qual tenha o código fonte e um log de depuração, inclusive sua organização de produção. O Depurador de reprodução do Apex não é apenas gratuito, é código aberto!

Nas Extensões do Salesforce para VS Code v44, você pode configurar até cinco pontos de verificação para obter dumps de heap quando as linhas de código forem executadas. Todas as variáveis locais, variáveis estáticas e variáveis de contexto do acionador têm informações melhores em pontos de verificação. Variáveis de contexto de acionador não existem em logs e estão disponíveis apenas em locais de ponto de verificação.

Como: No Visual Studio Code, um ponto de verificação é um tipo de ponto de interrupção. Configure e carregue seus pontos de verificação, então inicie uma sessão do Depurador de reprodução do Apex. Inicie uma sessão logo após fazer o upload dos pontos de verificação, pois eles expiram após 30 minutos.
  1. Defina os pontos de verificação em até cinco linhas em acionadores ou classes do Apex.
    1. Clique na linha de código em que deseja definir o ponto de verificação.
    2. Abra a paleta de comando (pressione Cmd+Shift+P no macOS ou Ctrl+Shift+P no Windows ou no Linux).
    3. Execute SFDX: Toggle Checkpoint.

    Ou clique com o botão direito na medianiz à esquerda dos números de linha, selecione Adicionar ponto de interrupção condicional | Expressão, e defina a expressão como Checkpoint.

    Ou, para converter um ponto de interrupção em um ponto de verificação, clique com o botão direito do mouse no ponto de interrupção e selecione Editar ponto de interrupção | Expressão. Defina a expressão como Checkpoint.

  2. Para carregar seus pontos de verificação para a sua organização de modo que seja possível coletar informações de despejo de heap, abra a paleta de comando e execute SFDX: Update Checkpoints in Org.
  3. Configure uma sessão do Depurador de reprodução do Apex, execute o código que você deseja depurar e depure-o. Veja a documentação do Depurador de reprodução do Apex para Visual Studio Code para obter mais informações.

Conforme você percorre o código durante uma sessão de depuração, o Depurador de reprodução do Apex fornece detalhes sobre as suas variáveis de despejos de heap em linhas em que os despejos de heap estão disponíveis. Depure seu código logo após iniciar a sessão, pois os despejos de heap expiram aproximadamente um dia após serem gerados.

Você pode usar esse depurador somente nas suas organizações. A depuração do cliente de ISV não está disponível no Depurador de reprodução do Apex. Para depurar organizações do cliente, use o Depurador do cliente de ISV.